Eco-Escolas em Ourém

By 18 Março 2016

Divulgar e angariar mais escolas do concelho para o Programa Eco-Escolas da ABAE foi o propósito de uma reunião, no dia 9 de Março, em Ourém onde estiveram presentes Paulo Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Ourém, representantes das escolas do concelho, parceiros do programa e ainda Margarida Gomes, coordenadora nacional do Programa Eco-escolas.

“É nas escolas que se dá a transformação da mentalidade”, disse Paulo Fonseca que se congratulou com o facto de já existirem em Ourém um “conjunto de boas iniciativas” nesta área. Durante a reunião, que contou com uma apresentação de Margarida Gomes, o presidente da Câmara de Ourém lançou o desafio aos representantes das escolas presentes: “continuarmos a crescer no concelho nesta questão”.

O programa Eco-escolas, que faz este ano 20 anos em Portugal tem vindo a trabalhar com escolas em todo o país em temas como a água, os resíduos, a energia, a biodiversidade, o ruído, as alterações climáticas e a floresta. Os temas que estão em foco no ano letivo 2015/2016 são a agricultura biológica, o mar, a mobilidade sustentável, a alimentação saudável e sustentável.

O Programa deve envolver a comunidade, especialmente professores, alunos, encarregados de educação, o próprio Município, entre outros. Para Margarida Gomes, a grande diferença entre uma Eco-Escola e uma não-Eco-Escola, “não é tanto no conhecimento que têm, mas a capacidade de liderança, de envolvimento, de estarem envolvidos em projetos e ações”.

Leia a Notícia na Integra Aqui

X