Rede de Docentes em Mobilidade colocados pela APA

Os Ministérios que tutelam a Educação e o Ambiente celebraram, em 1996, um Protocolo de Cooperação que se constituiu como um importante instrumento de promoção da educação ambiental em Portugal e que se concretizou na criação de uma rede de professores com competências técnico-pedagógicas para a coordenação e dinamização de projetos desenvolvidos em articulação com organizações não governamentais  de ambiente, ONGA, ou ancorados em equipamentos de apoio à educação ambiental. Em 2005 um novo protocolo de cooperação foi assinado evidenciando a importância do trabalho que tem sido articulado entre ambos os ministérios.

Neste âmbito, o trabalho desenvolvido em colaboração entre o Ministério de Educação e do Ambiente deram origem a uma “Rede de Professores Coordenadores de Projectos de Educação Ambiental”, que se consubstancia em profissionais que, na ABAE, ASPEA, FAPAS, GEOTA, LPN, Quercus e SPEA desenvolvem trabalho de âmbito nacional que tem garantido uma capacidade de inovação e difusão de boas práticas, quer junto das escolas ao nível dos diferentes níveis de ensino, quer ao nível da sociedade civil em geral.

A rede de docentes coordenadora de projetos Educação Ambiental para a Sustentabilidade assume relevante importância na promoção de uma cidadania interveniente, capacitando crianças, jovens e restante sociedade civil face aos desafios que a sustentabilidade nos coloca. Esta rede de projetos, pela sua natureza específica,  tem que continuar a assumir-se pelo seu carácter demonstrativo e inovador no quadro da sensibilização e formação.

Na Associação Bandeira Azul da Europa, temos contado com a coordenação pedagógica de Margarida Gomes responsável por coordenar a nível nacional os programas Eco-Escolas; Jovens Repórteres para o Ambiente, ECOXXI e mais recentemente o Eco-Freguesias XXI.

 

Relatórios

Relatório de Atividades 2018/2019 (Margarida Gomes)    |    Plano de Atividades 2019/2020